23/04/2012

O dia em que o trânsito fará Porto Alegre parar

Automóvel, todos os brasileiros ainda terão um. Se é que já não têm. Pelo menos em Porto Alegre, em que são dois habitantes por um veículo.

Arredondando, 1,4 milhão de pessoas para uma frota de 700 mil unidades. A questão é que não temos ruas nem avenidas que suportem essa quantidade circulando. Principal e obviamente, nas horas do pico, da entrada e saída dos colégios e das repartições.

O que intriga é como a Capital não consegue alargar ruas e avenidas onde o recuo existe na maior parte. O Plano Diretor de 1959 previu que as principais radiais da cidade teriam recuo a cada nova edificação. Lima e Silva e as avenidas Protásio Alves, Bento Gonçalves, Benjamin Constant, Cristóvão Colombo, Teresópolis, Glória e outras são exemplos.

É imperioso alargar o que está previsto há mais de meio século. Agora se pode falar nos automóveis. É que as classes C e D, as emergentes, estão sendo incorporadas ao consumo em geral e aos automóveis, o sonho de 10 em cada 10 brasileiros.

Pedir que o trânsito ande mais rápido em Porto Alegre deixou de ser “coisa das elites alienadas” ou dos “burgueses egoístas, aboletados em seus carrões enquanto a plebe ignara se espreme em ônibus superlotados e quentes”. Foi assim, não é mais.

A frota de coletivos de Porto Alegre é grande e moderna. O transporte coletivo é fundamental e o sistema de Trânsito Rápido para Ônibus (BRT, na sigla em inglês) ajudará.

Quanto ao metrô, é discurso que vem de longe e ainda servirá para muitos comícios inócuos nesta e em futuras eleições. Uma nova discussão sobre o financiamento federal surgiu. Todo governo que assume o poder intitula-se modernizador.

No entanto, nada é explicado sobre como e com que recursos essa modernização virá. Modernizar significa, para alguns, apagar o passado, recomeçar, fazer tudo de novo.

O governo que dá continuidade às boas coisas do antecessor é tido como pouco criativo. Faz-se de conta, na Capital, que as pessoas estão unidas pelos mesmos ideais, no caso, um trânsito fluindo e seguro. Entre nós, o serviço de catamarã entre Porto Alegre e Guaíba foi a grande e isolada novidade. Mas da iniciativa privada.

Como explicar os dias em que a cidade para por causa de acidente na avenida Castelo Branco? Felizmente, viadutos e passagens de nível estão projetados na Terceira Perimetral. Sabemos que a unanimidade jamais será alcançada em termos de obras. Pelo andar – ou vagareza no trânsito – veremos a cidade parar com milhares de motoristas e seus automóveis buzinando infernalmente.

Como várias linhas de ônibus não circulam pelos corredores, tudo ficará onde está. Será o caos. Previsto, falado e aguardado. No entanto, o prefeito José Fortunati é taxativo, não podemos mais, mesmo respeitando o direito ao automóvel, nos preocupar com esse meio de transporte. Menos, pois este é um processo – mais automóveis – inexorável. O prefeito aposta no transporte coletivo e nas ciclovias.

Muitas assembleias, reuniões, debates e entidades que devem abençoar obras inadiáveis. A III Perimetral e outras avenidas têm semáforos demais e lentidão. Os automóveis param em algumas ruas e avenidas.

Os ônibus estão lentos. Ou se dá espaço ou o trânsito não terá solução. Com ou sem Copa do Mundo de 2014.

Por Jornal do Comércio – RS – Editorial

Leia também

23/02/2024

ARTIGO | Lifelong Learning: O futuro do trabalho e crescimento econômico

23/02/2024

Artigo | Palavra do Murilo – Seis décadas de luta pelos engenheiros e pelo país

23/02/2024

Últimos dias para inscrição no Curso Online de Tratamentos Térmicos dos Aços

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

2º lugar em Preferência na categoria Sindicato

Marcas de Quem Decide é uma pesquisa realizada há 25 anos pelo Jornal do Comércio, medindo “lembrança” e “preferência” em diversos setores da economia.

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato