24/02/2023

“Cresce Brasil” propõe medidas para superar precariedade social e atraso tecnológico

Federação Nacional dos Engenheiros lança nova etapa de projeto em defesa do desenvolvimento nacional 

 

A mais recente edição do projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento”, que será lançada num seminário em 6 de março, em São Paulo, faz uma aposta otimista na capacidade nacional de superar a pobreza, a precariedade social e o atraso econômico, científico e tecnológico.

Sob o título “Hora de avançar – Propostas para uma nação soberana, próspera e com justiça social”, a décima edição da iniciativa lançada pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) em 2006 aborda os temas ciência, tecnologia e inovação; reindustrialização; agropecuária; energia; habitação e desenvolvimento urbano; mobilidade; engenharia de manutenção; e ensino de engenharia.

C&T e reindustrialização

Ponto crucial defendido no projeto é a implantação de uma política industrial efetiva que alavanque o segmento, buscando ganhos de produtividade e competitividade no mercado global, o que exigirá investimentos públicos e privados em ciência, tecnologia e inovação, unindo órgãos públicos, as universidades e o setor produtivo.

O trabalho aponta o papel fundamental da agropecuária brasileira. Considerada decisiva para a economia nacional e balança de pagamentos, deve ter estímulo para crescer, com sustentabilidade socioambiental e ganho de valor agregado em seus principais modos de produção – orgânica, familiar, agroflorestal e de escala e amplamente tecnificada.

 

Segurança alimentar e sustentabilidade

Garantir segurança alimentar aos brasileiros deve entrar na agenda do setor como objetivo prioritário e coordenado com políticas públicas que visem à erradicação da fome no País em caráter de urgência.

Nesse esforço rumo ao desenvolvimento, está contemplada a premência em se enfrentar as mudanças climáticas e descarbonizar a economia, desafio que pode ser oportunidade valiosa ao Brasil, já detentor de uma matriz energética 80% renovável, especialmente pela geração hidrelétrica, e com grande potencial fotovoltaico e eólico.

Na empreitada, será preciso contar com Petrobras e Eletrobras, voltando a gestão desses conglomerados ao interesse público e objetivos estratégicos do País. Isso implica, indica o documento, brecar o desmonte da primeira e atuar para recuperar o controle da segunda, alterando a Lei 14.182/2021, que privatizou a companhia energética.

 

Habitação, transporte e engenharia de manutenção

Meta essencial desse salto de qualidade como nação, defende o “Cresce Brasil”, é oferecer condições de vida adequadas à população, a começar por eliminar o atual déficit de 5,8 milhões de moradias. Além de mobilizar recursos financeiros para a tarefa que terá impacto positivo na construção civil e na geração de empregos diretos e indiretos, é necessário planejar e executar projetos de desenvolvimento urbano, e não só de edificação de unidades habitacionais. Há que se pensar a mobilidade, por exemplo, aproximando dos locais de residência o trabalho, o estudo, o lazer, a cultura e o comércio.

Conforme explicam os especialistas, a missão passa ainda por programas públicos para investimentos na ampliação de capacidade em resíduos sólidos, educação, saúde, água e saneamento, iluminação pública e transporte. Este último requer a implantação de sistemas eficientes e, como demonstram os melhores exemplos no mundo desenvolvido capitalista, deve haver investimento público de todas as instâncias administrativas na sua expansão e operação, já que o serviço tem que ser subsidiado.

Especial atenção precisa ser dada à necessidade de manutenção em todas as áreas, como forma de garantir segurança, qualidade de vida e economia de recursos, evitando-se a deterioração das cidades e dos equipamentos públicos. Nesse contexto, mantém-se a proposta do projeto “Cresce Brasil” de instituição da área de Engenharia de Manutenção nas administrações públicas, com orçamento e quadro técnico próprio, com o objetivo de garantir o trabalho preventivo permanente e qualificado.

 

Engenheiros para o Brasil

A nova edição do projeto elege ainda como prioritária a formação adequada dos profissionais ligados ao desenvolvimento e ao bem-estar da população por excelência, ou seja, os engenheiros de todas as modalidades e titulações, atuantes nos diversos segmentos econômicos. A avaliação do “Cresce Brasil” é que as escolas de engenharia devem incentivar a criatividade e o empreendedorismo, com projetos que desenvolvam a autonomia dos estudantes, visando preparar essa mão de obra qualificada, cuja missão será solucionar problemas cada vez mais complexos.

 

Leia também

15/04/2024

Programa SENGE Solidário celebra três anos em evento nesta quinta-feira (18/04). Participe!

15/04/2024

Artigo | Programa SENGE Solidário aproxima quem sabe fazer de quem mais precisa

12/04/2024

Dia Nacional de Conservação do Solo: Engenheiros Agrônomos ressaltam a importância da preservação

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato