20/04/2023

Evento marcou o segundo aniversário do SENGE Solidário

Um encontro especial marcou o segundo aniversário do Programa SENGE Solidário. Realizado pelo Sindicato dos Engenheiros na noite desta quarta-feira (19), o evento gratuito e aberto a todos os públicos, reuniu no Auditório do SENGE voluntários do programa, representantes de entidades beneficiadas e diretores do SENGE.

Com o tema ” A Responsabilidade Social do Engenheiro”, o evento abriu com a saudação do diretor do SENGE, engenheiro João Leal Vivian, que deu as boas-vindas aos presentes em nome da Diretoria Executiva do Sindicato. Em seguida, fez sua saudação o diretor membro do Conselho Técnico Consultivo do Sindicato, engenheiro Luiz Antonio Timm Grassi, a quem coube a mediação dos trabalhos. Em sua fala, Grassi enfatizou a missão do SENGE Solidário em chamar a atenção dos profissionais para o reconhecimento de que a formação profissional dá a engenheiros e engenheiras o privilégio de deter conhecimentos e capacidades e, consequentemente, empoderamento e privilégios sociais.

“É real a dívida para com a sociedade advinda das oportunidades dessa formação”, afirmou Grassi, destacando que o Senge Solidário chama a atenção para essa dívida e para esse compromisso. “Exercer as funções sociais da Engenharia não é uma opção, é uma obrigação. A responsabilidade social de engenheiros e engenheiras contrapõe-se ao exercer a Engenharia com a visão estreita do estrito sucesso individual, da competição predatória que cada vez é mais valorizada em nossa sociedade”.

Grassi explicou que não é a proposta do SENGE Solidário fazer filantropia, mas sim detectar necessidades e carências de grupos sociais organizados e que possam ser supridas com soluções profissionalmente adequadas, assim como trazer voluntários e voluntárias para contribuir com suas expertises para essas soluções. “Observo que o ganho é mútuo ou até maior do lado dos voluntários, pela imersão na realidade social muitas vezes desconhecida”, frisou, destacando os notáveis exemplos de responsabilidade social da Engenharia em ações do SENGE, como, por exemplo, as contribuições e esforços da entidade para uma política de proteção contra incêndios adequada em termos técnicos, a destinação de instalações da CIENTEC pela UERGS, com a política de gestão dos recursos hídricos na representação nos Comitês de Bacias Hidrográficas ou ainda, na luta contra a privatização da CORSAN e do DMAE, atividades todas com intensa participação de engenheiros e engenheiras associados com cobertura por parte do SENGE.

Essa consciência, concluiu, “de que profissionais da Engenharia são cidadãos políticos detentores de conhecimentos, capacidades e instrumentos importantes e que devem usá-los quotidianamente para a construção de uma sociedade justa, não discriminatória, social e ambientalmente desenvolvida, é o que nos motiva neste aniversário do SENGE Solidário”.

Na sequência, o engenheiro e diretor do Sindicato Márcio de Aguiar Gomes apresentou  uma visão geral as principais linhas de ação e os objetivos do Programa SENGE Solidário.

Em seguida, a diretora Biane de Castro, também é integrante do Conselho Técnico Consultivo do SENGE, falou sobre sua experiência à frente do projeto de hortas comunitárias no município de Santana do Livramento, atendendo a comunidades carentes do município. Biane destacou a honra de fazer parte dessa iniciativa, que recebeu recentemente uma distinção em forma de homenagem prestada pela Câmara de Vereadores de Santana do Livramento.

O encontro prosseguiu com a mesa redonda proposta na programação, com a participação dos painelistas e mediação de Grassi. Ivonete Carvalho iniciou enfatizando a importância do momento de celebração pelos dois anos do SENGE Solidário e falou sobre o orgulho de ser voluntária do programa. Relatou sobre sua trajetória como mulher negra, oriunda do Quilombo Vó Firmina e Maria Eulina, no Município de Restinga Seca.

Ivonete tem tido enorme contribuição na militância pelos direitos da comunidade negra e como comissária de Polícia, atuou em diversas áreas de proteção aos segmentos mais Vulneráveis da sociedade. Em sua fala, destacou os impactos sociais do voluntariado em comunidades em situação de vulnerabilidade, mulheres vítimas de violência, nos territórios tradicionais quilombolas, povos e comunidades tradicionais de matrizes africanas.

Ela contou que chegou ao SENGE Solidário com uma demanda de criar uma central de atendimento a essas comunidades e da satisfação por ter ingressado nessa iniciativa. Falou sobre a camada invisibilizada da sociedade, mulheres vítimas de violência de gênero, as comunidades tradicionais de matriz africana a quem muitas vezes são negadas oportunidades de acesso à recursos por não ter um projeto. Então conseguir parceiros para que esses espaços de resistência possam ter garantida a sua segurança e a sua integridade física nesses espaços é algo fundamental. “Acredito que esse programa SENGE Solidário merece obter um reconhecimento nacional, merece servir de exemplo o que está sendo feito aqui”, declarou.

“O espírito do SENGE Solidário é esse: dedicar um pouquinho do nosso tempo para fazer algo por essas pessoas que precisam e não tem como obter o que precisam. A gente ajuda, mas na verdade é a gente que está sendo ajudado. É uma troca”, concluiu.

Em seguida, falou o engenheiro Marco Aurelio de Fleytas. Formado em Engenharia Civil, ele relatou sobre se sentir agraciado pela educação aos recebeu e sobre a necessidade que existe em multiplicar esse conhecimento. Convidou ao palco a engenheira Andréa Jaeger Foresti, que falou sobre o seu projeto de construções sustentáveis e a constituição de uma ONG que trabalha com educação para sustentabilidade na Ilha das Flores. Falou sobre o momento de descoberta quando se deparou com o conceito de Engenharia de resiliência, que foca em ajudar as pessoas a fazer frente à complexidade dos sistemas. Andrea ainda revelou que o projeto realizado junto à ilha das flores foi aceito em edital da Fundação do Banco do Brasil. “E tudo isso começou por causa de um convite que o Marco me fez e estou muito feliz de ter aceitado e de poder estar aqui hoje celebrando essa conquista”, disse.

O último painelista da noite foi o historiador e servidor aposentado do MPE-RS e ex-deputado Raul Carrion. Com uma trajetória de seis décadas de militância política e social, Carrion explicou o conceito de darwinismo social, em que prevalece a lei do mais forte e a luta pela opressão e submissão do mais fraco é tida como sinônimo de sucesso. Nesse contexto, ele explicou, pobres são pobres por serem incompetentes. Esse entendimento raso revela desconhecimento sobre as raízes das desigualdades. “Os negros que hoje são vulnerabilidade, estão assim porque no passado o próprio Estado criou essa situação” enfatizou, citando as imensas dificuldades impostas pelo Estado no acesso a terra e aos meios produtivos.

Carrion falou ainda sobre o culto ao individualismo predominante na sociedade. “Mas outra visão é possível”, destacou, “é a visão do homem coletivo, social. Pois somente através da solidariedade é possível avançar e fazer conquistas para a sociedade. A caridade, a filantropia o trabalho voluntário, a luta social a luta e a política são formas de atuar nessa visão. E todas essas formas são necessários e tem o seu valor. Pessoalmente, penso que a forma principal de enfrentar a miséria e o abandono é através da política. Mas é importante não confundir política com politicagem, nem com política partidária. Penso ser correto que os sindicatos não sejam partidários, mas eles devem atuar na grande política. No enfrentamento do processo de desindustrialização por exemplo, que é um assunto político maior”, declarou. Por fim, Carrion parabenizou o SENGE pelas realizações e pelos projetos do programa SENGE Solidário.

A noite contou ainda com depoimentos emocionados de representantes das comunidades beneficiados pelas iniciativas do SENGE Solidário. Caso do senhor Dorlei, representante da cooperativa Novos Horizontes que falou sobre o seu sentimento de orgulho de estar presente no encontro. Presidente da Cooperativa que atua na área da construção que atua na comunidade periférica que é muito carente e que foi beneficiada com o projeto de internet solidária. “ Isso representa muito para a comunidade, para as crianças principalmente. Passamos pela pandemia e as crianças ficaram muito afastadas da escola, então isso é muito importante. As nossas crianças hoje estão muito deficitárias na área da educação. O SENGE está de parabéns por esse projeto que é de grande importância para nós”, afirmou.

Também se manifestou a presidente da associação dos moradores da Vila flores, Laci Hirt, que relatou sobre o problema de uma disputa de área em que residem 16 famílias e uma creche na Ilha das Flores. Obteve o auxílio através do SENGE Solidário para obter um laudo pericial que a associação precisava para ajuntar ao processo.

 

SOBRE O SENGE SOLIDÁRIO

O Programa SENGE Solidário, criado pelo Sindicato no âmbito do Conselho Técnico Consultivo da entidade, tem o propósito de fomentar e instrumentalizar a ação voluntária de profissionais de Engenharia que, a partir da sua qualificação e responsabilidade técnica, passam a atender demandas de grupos sociais ou coletivos em condições de vulnerabilidade, discriminação, precariedade, carências materiais ou culturais.

O Sindicato entende que engenheiros e engenheiras conquistaram uma qualificação diferenciada que lhes permite utilizar instrumentos que favoreçam a inclusão e ascensão social na busca pela redução das desigualdades.

Na prática, o Programa SENGE Solidário é um exercício de responsabilidade social praticado pelos profissionais através da sua entidade representativa, em atenção ao propósito e ao Planejamento Estratégico adotados pelo Sindicato.

Vale lembrar que nos dois primeiros anos, o SENGE Solidário organizou e desenvolveu cerca de 20 atividades, a partir de diversas demandas que nos chegaram de grupos ou coletivos sociais. Para executá-las, o SENGE articulou a ação voluntária de engenheiros e engenheiras que se dispuseram a colocar sua qualificação profissional a serviço desses segmentos sociais.

No plano organizativo, foram realizados encontros de integração com os profissionais voluntários, bem como dois eventos abertos realizados na sede do Sindicato com as lideranças das comunidades atendidas, inclusive em celebração do Dia Nacional do Voluntariado.

 

FAÇA PARTE DESSA CORRENTE

O Programa SENGE Solidário conta com você para seguir desenvolvendo suas atividades. Estão em andamento os seguintes projetos:

  • Hortas comunitárias em Santana do Livramento, Sapucaia e Porto Alegre;
  • Patrocínios para internet solidária;
  • Atividade de ensino na Cooperativa Novos Horizontes em Porto Alegre;
  • Apoio técnico para obras em Quilombos cooperativas e coletivos em Porto Alegre;
  • Apoio técnico em Escolas Luiz Gama, Escola Gabriel Obino e Escola de Surdos Bilíngue Salomão Watnick;
  • Apoio técnico para nas Escolas Nazareth e Vila Nova da APAE em Porto Alegre.

 

Seja você também um engenheiro solidário

 CLIQUE AQUI  para se cadastrar.

Ao se cadastrar, você irá concordar com as condições de participação e, após o processamento dos seus dados, colocaremos você em contato com a entidade ou comunidade já previamente identificada.

Da mesma forma, pedimos que você acione o Sindicato caso identifique na sua comunidade um projeto que possa demandar apoio do SENGE SOLIDÁRIO.

Leia também

21/06/2024

Programa Pampa Debates ao vivo direto do SENGE-RS

21/06/2024

Governador, qual é o seu projeto para a EMATER? SENGE e entidades cobram resposta

19/06/2024

Conheça benefício da Mútua para profissionais atingidos pela calamidade

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato