07/04/2017

EX-PRESIDENTE DA CEEE REBATE DADOS DO GOVERNO SOBRE PREJUÍZO E INCAPACIDADE ADMINISTRATIVA DA EMPRESA

Comandado pelos jornalistas Juremir Machado da Silva e Taline Oppitz, o programa discutiu a intenção do governo estadual de privatizar a CEEE, CRM e Sulgas, com estimativa de recebimento de R$ 3 bilhões pela venda das três empresas juntas. Participou também do debate o deputado estadual Juvir Costella (PMDB).

Durante o programa, Carrion rebateu os dados que vêm sendo divulgados pelo governo e que foram mais uma vez sustentados pelo Executivo durante entrevista coletiva realizada na manhã de quarta-feira (5), no Palácio Piratini.

“A CEEE é uma sociedade de economia mista, com obrigações perante o mercado de capitais, e que agora corre sério risco de penalização Bovespa e na Comissão de Valores Mobiliários devido a repercussão negativa dos noticiários que afetam a estabilidade do mercado até para operações de financiamento, inclusive aquele feito pela empresa junto ao BID e a Agência Francesa de Desenvolvimento em 2012. Esta foi uma conquista, aprovada por unanimidade no parlamento naquela ocasião, tem garantia soberana e contra garantia do Estado exatamente na planta elétrica, numa verdadeira certificação técnica e financeira internacional”, explicou Carrion.

Em relação ao prejuízo divulgado pelo governo, Carrion explicou que a CEEE precisa ser vista como um Grupo, e rebate os argumentos de que precisam ser injetados recursos públicos para a estabilidade econômico-financeira da Companhia. Citou o Projeto de Lei 260/2016, de autoria do deputado estadual Ciro Simoni (PDT), que busca dar efetividade ao plano de recuperação através da alienação de ativos em participações minoritárias para capitalizar a CEEE-D. A medida cria uma solução positiva para as finanças da empresa buscando a solução em si mesma, através da transferência entre as duas subsidiárias da holding, e evitando assim aportes do governo.

“A CEEE possui solução dentro do próprio Grupo, através da sua participação em Sociedades de Propósito Específico. O Estado parece preferir tratar apenas da coluna da despesa, e não dos investimentos do Grupo como um todo, a partir de uma visão empresarial”, afirmou o ex-presidente Carrion. “Foram feitos investimentos da ordem da R$ 2 bilhões entre 2012 e 2016, e a empresa foi premiada como a concessionária que mais investiu no Brasil. Como podem questionar a capacidade da CEEE?”

Clique nos links abaixo para ouvir a íntegra da entrevista no programa Esfera Pública:
Parte 1
Parte 2
Parte 3

 

Leia também

21/06/2024

Programa Pampa Debates ao vivo direto do SENGE-RS

21/06/2024

Governador, qual é o seu projeto para a EMATER? SENGE e entidades cobram resposta

19/06/2024

Conheça benefício da Mútua para profissionais atingidos pela calamidade

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato