27/04/2017

Fases A e B da Usina de Candiota são tema de reunião no Ministério de Minas e Energia

O diretor de Negociações Coletivas do SENGE, Diego Oliz, esteve reunido nesta quarta-feira (26) em Brasília com o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Alves, o secretário adjunto Ildo Grudtner, o secretário adjunto de Planejamento, Moacir Bertol, e o diretor de Monitoramento do Sistema Elétrico, Domingos Andreatta.

Presentes também o presidente do Conselho de Administração da CGTEE, Carlos Baldi, que ocupa ainda a diretoria de Geração da Eletrobras; o deputado federal Afonso Hamm, que já presidiu a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral; o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan; o presidente da FAMURS, Luiz Carlos Folador; o prefeito de Candiota, Adriano dos Santos; prefeitos e vereadores de municípios da Metade Sul; representantes do Sindicato dos Mineiros, Senergisul e Sintec.

Na pauta, a importância da cadeia produtiva ligada ao carvão mineral na Metade Sul do Estado, em especial a reativação das Fases A e B da Usina de Candiota, operada pela Eletrobras CGTEE.

Carlos Baldi ponderou que os equipamentos das Fases A e B estão obsoletos, não atendendo mais aos requisitos operacionais e ambientais, além de serem inviáveis economicamente para a empresa. Afirmou, no entanto, que a Eletrobras está se esforçando para manter a Fase C em operação.

Em sua manifestação, o diretor Diego Oliz criticou o posicionamento da Eletrobras e apontou contradições no discurso da empresa, uma vez que a Fase B foi mantida em operação em capacidade máxima, sendo 47 dias de funcionamento ininterrupto com 120 MW. Questionou ainda quais seriam os subsídios técnicos para encerramento das duas fases. “Como engenheiros, nós entendemos que um projeto precisa de estudos básicos, planejamento, análise de viabilidade técnica e econômica, e também dos impactos ambientais e sociais. Da forma como essas questões vêm sendo conduzidas, tudo indica que a Eletrobras não tem esses estudos em relação ao fechamento das Fases A e B, e se tiver, gostaríamos de ter acesso a esses documentos bem como ao responsável técnico que os produziu e assinou”, afirmou Oliz.

O diretor do Sindicato ainda alertou sobre o grande risco de apagão no Rio Grande do Sul caso a Usina não esteja preparada para atender a demanda. “Se por algum motivo perdermos uma das linhas de transmissão de 500 de kV que vem para o Rio Grande do Sul, há grande possibilidade de apagão no Estado se a Fase B não estiver operando, ainda mais com a manutenção programada da Fase C no final do ano, esse risco é maior”, salientou.

O diretor da Eletrobras admitiu o risco apontado pelo dirigente do SENGE e por isso afirmou que ainda não desmontou por completo a Fase B.

O presidente da ABCM, Fernando Zancan, por sua vez destacou que se faz cada vez mais importante pensarmos um novo modelo de política energética para o país, com o fortalecimento da geração térmica na matriz brasileira e a oferta desta fonte nos leilões A-5.

Como encaminhamento, o SENGE solicitou a criação de uma comissão com a participação da CGTEE e da CRM de forma a oportunizar o retorno do funcionamento das unidades 1 e 4 das Fases A e B da Usina de Candiota, com a utilização de camadas superiores de carvão mineral, onde o teor de enxofre é menor, e com o monitoramento do IBAMA das estações ambientais instaladas. Dessa forma é possível atender os requisitos ambientais do IBAMA em relação às emissões, e ainda preservar a cadeia produtiva e a economia da região até o início das operações da UTE Pampa Sul.

 

 

 

Leia também

24/05/2024

SENGE sedia evento que debateu Sistema de Proteção contra inundações de Porto Alegre

24/05/2024

SENGE SOLIDÁRIO | Programa lança a campanha Solidariedade Técnica: Reconstruindo o Rio Grande

24/05/2024

Sócio SENGE: conte com assessoria para declaração do Imposto de Renda

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato