26/04/2013

Governo vai criar agência de Assistência Técnica e Extensão Rural

Estadão Conteúdo 24/04/13

A presidente Dilma Rousseff anunciará, dentro de no máximo 40 dias, a criação de mais uma agência no governo, a de Assistência Técnica e Extensão Rural. A informação veio do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, após ele ter participado de reunião com a presidente Dilma e os representantes do 19º Grito da Terra Brasil 2013.

Hoje todos os Estados já possuem unidades da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural). Mas o ministro justificou a necessidade da nova agência alegando que estas pertencem aos Estados e o novo órgão iria "coordenar a política nacional de assistência técnica e extensão rural", levando a tecnologia ao agricultor e médio produtor, para incrementar a produtividade e melhorar a renda". A criação de empresas e cargos públicos, com aumento das despesas para a União, tem sido uma constante no governo Dilma, seguindo a política que já acontecia na administração Lula.

"Não vamos partir do zero porque temos uma política de assistência técnica em vigor", disse o ministro. "Só no orçamento deste ano temos R$ 800 milhões destinados à assistência técnica e extensão rural, mas nós estamos discutindo a qualificação desta política, que o Brasil tinha abandonado nos anos 90 e em 2003 foi retomada, e agora, à luz do avanço que tivemos, precisamos qualificar esta política". A própria presidente Dilma já havia antecipado, no ano passado, a ideia de criar a agência.

Pepe Vargas explicou que a Embrapa não poderia absorver esta política porque seu foco é a pesquisa agropecuária. "Ela não faz assistência técnica e extensão rural. Faz pesquisa agropecuária e pode fazer capacitação de multiplicadores para formar agentes de assistência técnica e extensão rural", comentou, ressaltando que as unidades da Emater podem, sim, fazer isso, mas elas são órgãos estaduais.

Na audiência, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Broch, apresentou uma pauta com 13 pontos que o governo responderá no final de maio, quando for realizada a marcha do Grito da Terra. Uma das reivindicações é de que 100 mil famílias sejam assentadas. O ministro Pepe Vargas disse que, no ano passado, foram assentadas 25 mil famílias em 117 novos assentamentos e que esse número pode dobrar este ano. "Nós temos condições de mais do que dobrar o número de assentamentos, comparativamente em relação ao ano passado", afirmou.

No encontro, os trabalhadores rurais pediram ainda a liberação de R$ 42 bilhões para o Plano Safra. Em 2012, os agricultores receberam R$ 18 bilhões para o plano safra e a presidente prometeu aumentar o valor, caso eles conseguissem usar todo o dinheiro. Até março, foram contratados R$ 17 bilhões dos recursos do Pronaf. "Com certeza, este ano virá mais. A presidente reiterou que não deve faltar recursos de crédito para a agricultura familiar. Se contratarmos todo o volume, a gente libera mais, não tem problema nenhum. Mas estes R$ 42 bilhões que eles querem envolvem outras questões como o programa de aquisição de alimentos, programa nacional de alimentação escolar, de comercialização direta dos produtos da agricultura familiar, assistência técnica e comercialização de alimentos, além de assistência técnica", disse o ministro.

Pepe Vargas disse ainda que o governo espera antecipar de julho para final de maio ou início de junho, o anúncio das medidas do plano safra 2013/2014. O ministro do Desenvolvimento Agrário informou também que em maio será lançado o primeiro Minha Casa Minha Vida em assentamento de reforma agrária, em Canindé de São Francisco, em Sergipe e acrescentou que o governo continuará doando máquinas para prefeituras, retroescavadeiras, motoniveladoras, caminhões caçambas para todos os municípios até 50 mil habitantes. Segundo ele, na região do semiárido vão receber ainda pá carregadeira e um caminhão-pipa.

Leia também

19/06/2024

Conheça benefício da Mútua para profissionais atingidos pela calamidade

19/06/2024

SENGE SOLIDÁRIO | Campanha Solidariedade Técnica já atende demandas da comunidade

18/06/2024

SENGE-RS completa 82 anos de história reafirmando seu compromisso com a sociedade

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato