24/04/2012

Reciclagem deixa de ser ação alternativa para se tornar obrigatória na indústria

Ao promover o Seminário de Reciclagem Industrial de Resíduos Sólidos, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul assumiu, mais uma vez, o protagonismo na discussão de temas técnicos de real interesse da sociedade e da categoria. Afinal, a análise da situação e dos projetos, bem como a busca por soluções, são proposições permanentes do SENGE ao longo dos seus 70 anos de história a serem completados em junho deste ano.

O tema do lixo, mais do que nunca em voga a partir da entrada em vigor da Política Nacional de Resíduos Sólidos, é um problema literalmente gigantesco, já que exige gerenciamento diário de milhares de toneladas, bem como um complexo sistema de recolhimento, transporte e disposição final.

Neste contexto, surge a reciclagem com seu matiz social e técnico. Passamos a conhecer a chamada “logística reversa” que a partir de dispositivos legais, propõe o retorno dos resíduos sólidos recicláveis à origem, ou seja, à industria, mas que na prática só funcionaria com a “responsabilidade compartilhada” entre fabricante, distribuidor e o consumidor. Falávamos inicialmente de pneus, pilhas, baterias, lâmpadas florescentes, embalagens de defensivos agrícolas e de óleos lubrificantes, garrafas PET, latinhas de alumínio, eletro eletrônicos, itens que causam forte impacto ambiental ao serem dispensados incorretamente Só que hoje, estes resíduos já contam com inúmeros projetos de reciclagem espalhados por todo o país, apresentando resultados expressivos e animadores. Mas temos novidades.

É claro que a Política Nacional dos Resíduos Sólidos e o arsenal legal dela derivado deu um necessário empurrãozinho, ao tornar obrigatório a todos os setores da indústria a utilizarem até 2014 apenas materiais recicláveis ou reutilizáveis em suas embalagens. No entanto algumas companhias já estão se antecipando, como publicou o site G1 no dia 18 de abril.

A matéria relata o caso de uma indústria de alimentos de Sorocaba/SP que produz cerca de 200 pacotes de salgadinhos por minuto, cujas embalagens após o consumo, acabavam em aterro sanitários. Como solução, a empresa desenvolveu prateleiras específicas para expor seus produtos nos pontos de vendas produzidas a parir da reciclagem de suas próprias embalagens. Estava criada uma cadeia, que começou com a informação direta ao consumidor quanto as possibilidades de reciclagem do material até então dispensado definitivamente. A recicladora entrou na jogada e começou a comprar as embalagens separadas e produzir as prateleiras para a fábrica de salgadinhos. Representantes da empresa sustentam com razão que o importante é a educação de toda a cadeia, pois sem isso, os projetos não irão funcionar no máximo da possibilidade.

Hoje esse tipo de solução é ainda é considerada “criativa”, mas em breve será uma preocupação obrigatória para as indústrias de todos os setores, que não dispõe de muito tempo. Fecha-se a cadeia indústria, apoio às cooperativas, prefeituras que deverão aumentar a oferta de coleta seletiva e qualidade dos seus serviços, e o cidadão vai ter que fazer a separação em casa. Todos os atores do ciclo vão compartilhar a responsabilidade.

Leia também

29/05/2024

Estado publica editais de credenciamento para contratação de serviços técnicos de engenharia

28/05/2024

ARTIGO | Transição energética e hidrogênio verde

24/05/2024

SENGE sedia evento que debateu Sistema de Proteção contra inundações de Porto Alegre

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato