16/07/2021

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS: JÁ PASSOU DA HORA

 

O incêndio que se abateu sobre o prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS gerou imagens dramáticas que afetaram todos os gaúchos e, claro, as famílias das possíveis vítimas e o Corpo de Bombeiros. Muito embora as causas do sinistro ainda estejam sendo investigadas, é impossível não lamentar um outro lado também perverso da realidade, no qual o centro operacional da segurança em nosso Estado tenha se demonstrado tão inseguro.

Partindo desta constatação, podemos indagar: se a segurança contra incêndio naquele edifício era tão frágil, não obstante a existência de um PPCI, o que devemos fazer como sociedade para evitar novos e lamentáveis acontecimentos, considerando a existência de milhares locais públicos e privados de grande circulação?

É impossível exigir que o poder público mantenha suas instalações 100% seguras e atualizadas tecnologicamente. O trabalho do Corpo de Bombeiros Militar é exemplar em todos os sentidos. Mas por outro lado, temos a cada dia novos materiais e novas tecnologias que ampliam a segurança e a vida útil das construções. Já passamos da hora de resolver isso com investimentos e com Engenharia.

Quando nos deparamos com incêndio da magnitude como o dessa semana no edifício da SSP/RS, nos desperta lembranças e as tantas inquietações que provocaram tantos debates nos últimos anos. Incêndios como o da Boate Kiss, da sede da EMATER, do Mercado Público de Porto Alegre, do Museu Nacional, do Ninho do Urubu, do edifício Wilton Paes de Almeida e do Museu da Língua Portuguesa no mínimo nos remetem a importantes reflexões: como está a segurança da sociedade? O que a Engenharia pode contribuir para mudar esse cenário? E a principal pergunta, estaria a sociedade gaúcha vivendo sob uma falsa segurança contra incêndio?

O Sindicato dos Engenheiros se dedica há anos ao tema da segurança contra incêndios, tendo se consolidado como protagonista e referência na abordagem e no equacionamento de soluções. Realizamos importantes eventos técnicos, participamos do COESPPCI, contribuímos de forma técnica para a elaboração das leis e regulamentações que vieram na sequência da tragédia de Santa Maria. Da mesma forma, protocolamos recentemente junto à Presidência da Assembleia Legislativa um importante estudo no qual propusemos alternativas e apresentamos todos os pontos de fragilidade constantes em projetos de lei que tentam constantemente flexibilizar e descontruir a Lei Kiss. Mas por outro lado temos grandes avanços na estruturação da política de segurança contra incêndios no RS, como por exemplo: separação do Corpo de Bombeiros Militar da Brigada Militar, estruturação de quarteis, reposição de equipes.

No caso específico do incêndio na SSP, podemos afirmar que o sinistro, assim como tantos outros, poderia ser evitado. Todo o incêndio dessa magnitude é procedido de um conjunto de falhas. Daí a importância do trabalho das perícias que trarão elementos fundamentais ao aperfeiçoamento da gestão da segurança contra incêndios no RS.

Nem tudo está errado. O que precisamos é olhar para o futuro e discutirmos ainda mais as melhorias, sem atacar nem precarizar os avanços e os modernos conceitos hoje já presentes na Lei Kiss desde 2013.

Poderíamos estar aqui rivalizando com as medidas políticas definidas no passado em diversas esferas, mas entendemos que precisamos olhar para o futuro. Engenheiros e arquitetos estão diretamente envolvidos em todos os processos, inclusive nesse episódio da SMP. Estendemos nosso apoio e solidariedade a todos os envolvidos. Precisamos novamente abrir o debate sobre o que podemos aperfeiçoar em nosso modelo de gestão de segurança contra incêndios. O Senge já apresentou diversas propostas de forma reiterada, que obrigatoriamente serem consideradas, entre elas:

1) Elaboração de Plano Estadual de Segurança Contra Incêndio e Emergências, com indicadores, planejamento estratégico de atuação, avaliação de riscos nos bairros e centros urbanos e planejamento técnico para prevenção e emergências (carta de riscos).

2) Quadro Técnico de Especialistas (engenheiros e arquitetos) no Corpo de Bombeiros Militar do RS.

3) Quadro Técnico de Especialistas (engenheiros e arquitetos) no governo do estado do RS para gestão da área própria de SCI nos prédios públicos, e administração da implantação e manutenção das medidas exigidas para regularização dos mesmos junto ao Corpo de Bombeiros.

4) Oportunizar a elaboração de projetos especiais, indo além de medidas prescritivas, com base na engenharia e arquitetura, com conceitos de desempenho, com análise rigorosa por equipe técnica de especialistas junto ao Corpo de Bombeiros.

5) Discutir o auto licenciamento de PPCIs, que hoje, de certa forma, ocorre no RS com a participação de leigos.

6) Ampliar a discussão de leis municipais sobre Inspeção Predial para nível estadual, com a integração com as leis de segurança contra incêndios, por serem multidisciplinares.

As lições que aprendemos com o incêndio na Secretaria de Segurança deverão ser suficientes para que a segurança contra incêndio se transforme definitivamente numa pauta prioritária em nossa sociedade, que sirva ao menos para que conservação, manutenção predial e segurança contra incêndios sejam temas enraizados na cultura do gaúcho.  Estamos a postos para o amplo debate e que a partir de um modelo colaborativo e técnico possamos vencer esse trágico episódio e construir melhorias.

Confira alguns dos artigos do SENGE, eventos e manifestações dos diretores do Sindicato na imprensa.

 

SENGE na imprensa

GZH – Com execução incompleta, PPCI do prédio da Secretaria da Segurança foi aprovado há três anos

GZH – Demolição de prédio da SSP é complexa e dependerá de avaliação da estrutura, dizem engenheiros

ZERO HORA – Prédio passava por adequações

CORREIO DO POVO  – IGP realiza levantamento preliminar na sede da SSP que desabou com incêndio

RDC TV  – Cobertura Especial: desdobramentos do incêndio na SSP

RDC TV – Cruzando as conversas

BALANÇO GERAL (TV RECORD) Incêndio destrói a Secretaria de Segurança Pública

Brasil Urgente (BAND TV) – Incêndio atingiu prédio da Secretaria de Segurança

Brasil Urgente (BAND TV) – PPCI do prédio da SSP estava aprovado e em execução

Bom Dia Rio Grande  (RBSTV) – Incêndio no prédio da SSP

Rádio Band FM – Programa Tempo Real

Rádio Band FM – Bandnews Acontece

RBS Notícias (RBS TV)

Rádio Guaíba

Rádio Pelotense

 

Leia também:

SENGE SE MANIFESTA CONTRA TRAMITAÇÃO DE PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR QUE ALTERA A LEI KISS

SENGE PRESENTE NO DEBATE SOBRE ALTERAÇÃO DA LEI KISS NA COMISSÃO DE SEGURANÇA DA ALRS

SINDICATO DOS ENGENHEIROS APRESENTA ESTUDO APONTANDO EQUÍVOCOS NO PROJETO DE LEI QUE ALTERA LEI KISS

SENGE APRESENTA CONTRIBUIÇÕES AO PROJETO DE LEI QUE ALTERA A LEI KISS

PAINÉIS DA ENGENHARIA: SENGE MOBILIZA SANTA MARIA PARA DEBATER SOBRE O FUTURO DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

11º PAINÉIS DA ENGENHARIA: PROFESSOR DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA FALA SOBRE LEGISLAÇÃO DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM PALESTRA MAGNA

11º PAINÉIS DA ENGENHARIA: PALESTRAS ABORDAM ENSINO, PESQUISA E CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS E PROJETOS EM SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

11º PAINÉIS DA ENGENHARIA: LEGISLAÇÃO, CASES E CONTRIBUIÇÕES CIENTÍFICAS À SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

WORKSHOPS INTEGRARAM A PROGRAMAÇÃO DO 11º PAINÉIS DA ENGENHARIA EM SANTA MARIA

 

 

 

Leia também

29/05/2024

Estado publica editais de credenciamento para contratação de serviços técnicos de engenharia

28/05/2024

ARTIGO | Transição energética e hidrogênio verde

24/05/2024

SENGE sedia evento que debateu Sistema de Proteção contra inundações de Porto Alegre

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato