16/06/2023

SENGE no Grande Expediente que tratou sobre a desestatização da CORSAN

*Com informações do site da Assembleia Legislativa / Fotos Paulo Garcia

 

Nesta quarta-feira (14), “a entrega da Corsan sob sigilo para a Aegea” foi tema do Grande Expediente da Assembleia Legislativa do RS, proposto pelo deputado Jeferson Fernandes (PT).

O vice-presidente do SENGE, Diego Mizette Oliz, foi uma das lideranças convidadas a compor a mesa durante a Sessão. A subvalorização da CORSAN na operação de desestatização tem motivado diversos apontamentos do SENGE aos órgãos de controle e fiscalização, alertando sobre inconsistências e riscos ao patrimônio público do Estado, e apresentando ainda um parecer técnico que contrapõe documentação de autoria do Banco Genial (um dos responsáveis pelo valuation da Companhia) e os números da CORSAN no primeiro trimestre deste ano.   (Leia mais em “SENGE reitera ao Ministério Público de Contas inconsistências e risco de danos ao erário na venda da CORSAN”)

As ações do SENGE, também em conjunto com outras entidades representativas dos profissionais da CORSAN, foram destacadas durante do Grande Expediente.

O deputado Jeferson Fernandes alertou também que o sigilo do processo de desestatização é injustificável. Ele ressaltou que após muita pressão da Assembleia Legislativa, conseguiram acessar o Processo 16, onde estaria a base de cálculo da precificação da Corsan e outros itens de suma importância. O documento encontrava-se sob sigilo e os parlamentares estão proibidos de falar sobre a informação que acessarem.

Jeferson Fernandes recordou que a Corsan não foi repassada à vencedora do leilão por conta de uma liminar concedida a pedido do Ministério Público de Contas no Tribunal de Contas do Estado, em 16/12/2022, a qual continua em vigência até hoje, no sentido de que governo se abstenha de ultimar os atos de assinatura do contrato de compra e venda das ações da Corsan devido às imprecisões na definição do valuation da Companhia e inconsistências sobre a comprovação técnica sobre o verdadeiro percentual de cobertura de esgoto nas cidades atendidas pela Corsan, e resguardo ao Estado frente à possibilidade de invalidação judicial dos termos aditivos de Rerratificação dos contratos firmados com 105 municípios.

 

Ministério Público de Contas

Fernandes também expôs razões apresentadas pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Geraldo Da Camino, no parecer número 4393 de 2 de maio de 2023, nos autos do Processo 19, para que a liminar referida seja mantida e que seja levantada questão sobre o sigilo relativo ao Processo 16, onde estaria a base de cálculo da precificação da Corsan e outros itens de suma importância. Entre os argumentos, disse, “como pode a equipe de auditoria opinar que seja revogada a medida cautelar, proferida no dia 16 de dezembro do ano passado, sob a argumentação de que a demora na assinatura do contrato geraria atraso nas obras de esgotamento sanitário, em prejuízo à sociedade gaúcha, sem que os motivos que ensejaram a tal liminar tenham sido sanados satisfatoriamente, dando segurança jurídica ao negócio? “. Observou que é preciso um posicionamento técnico, não político, na auditoria do Tribunal. “Pelo que os senhores e senhoras vão constatar, nada mudou no processo de venda da empresa, pelo contrário, apareceram outros elementos preocupantes ao erário público e aos usuários do serviço e também para a empresa compradora, haja vista que a insegurança jurídica no negócio, para usar a expressão do Dr. Da Camino, pode fazer com que, na hipótese de problemas futuros, a Aegea se insurja contra o Estado, gerando prejuízos para todas as partes envolvidas”.

Em aparte falou a deputada Bruna Rodrigues (PC do B). Participaram também o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgoto do RS (Sindiágua), Vinicíus Giordani; o secretário da Associação dos Servidores da Corsan (Ascorsan), Adilson Steffen; o presidente do Sindicato dos Técnicos Industriais no Estado do Rio Grande do Sul (Sintec), César Borges; e o diretor da Associação dos Técnicos Científicos da Corsan, José Homero Finamor.

 

Leia também

21/06/2024

Programa Pampa Debates ao vivo direto do SENGE-RS

21/06/2024

Governador, qual é o seu projeto para a EMATER? SENGE e entidades cobram resposta

19/06/2024

Conheça benefício da Mútua para profissionais atingidos pela calamidade

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato