31/07/2012

Além do curto prazo

A presidente Dilma Rousseff anunciou em Londres, onde acompanhou a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, a intenção de adotar novas medidas de estímulo à atividade econômica, mas que exigirá contrapartida em manutenção de empregos por parte dos segmentos beneficiados. A preocupação faz sentido e é importante que o poder público se preocupe em estimular áreas mais deprimidas do setor produtivo. Ainda assim, é mais do que hora de o governo federal deixar de se preocupar apenas com resultados imediatistas e localizados, buscando assegurar ganhos mais consistentes a médio e longo prazos. E esses dependem acima de tudo de reformas estruturais que o país não tem conseguido fazer avançar.

Assim como a adoção de incentivos setoriais, são importantes intenções como a anunciada agora prevendo uma redução de até 10% na conta de energia elétrica. Ainda assim, as chamadas medidas anticíclicas que, no início da crise global, em 2008, contribuíram para manter a economia com um nível razoável de aquecimento, hoje provocam cada vez menos impacto. E o tratamento tributário diferenciado contribuiu, desde o início, para acirrar animosidades entre diferentes segmentos da cadeia produtiva, que alegam condições desiguais para competir. Da mesma forma, o que o poder público faz ao extinguir encargos para reduzir a tarifa de energia elétrica é reconhecer que esse insumo vital para a indústria é visto pelo Tesouro acima de tudo como fonte de receita.

O país precisa mais do que redução de juros e incentivos setoriais e só poderá garantir crescimento sustentado se levar adiante reformas estruturais relegadas até agora. São justamente as mesmas que, por terem sido preteridas, o colocam hoje mais vulnerável aos efeitos do recrudescimento da crise global, com ênfase para as reformas previdenciária, para assegurar um mínimo de equilíbrio às contas públicas, e a tributária, visando principalmente a desonerar o setor produtivo de forma generalizada. Essas são questões que, para avançar, precisam de conscientização sobre a sua importância e da vontade política para levá-las adiante que, até hoje, não se mostrou suficiente.

Nos últimos anos, a impossibilidade de promover as reformas de fundo tem imposto um ônus elevado para os cidadãos, que se veem constantemente com o seu emprego e renda ameaçados. A indefinição acaba colocando em risco até mesmo a própria estabilidade, além de impedir a atividade produtiva de se manter num ciclo de desenvolvimento continuado. Esse é o momento de o país decidir, enquanto é tempo, se quer continuar apenas enfrentando questões de forma imediatista ou assegurar um futuro mais sólido e mais próspero para os brasileiros.

Editorial – Jornal Zero Hora
30 de julho de 2012

Leia também

24/05/2024

SENGE sedia evento que debateu Sistema de Proteção contra inundações de Porto Alegre

24/05/2024

SENGE SOLIDÁRIO | Programa lança a campanha Solidariedade Técnica: Reconstruindo o Rio Grande

24/05/2024

Sócio SENGE: conte com assessoria para declaração do Imposto de Renda

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato