10/05/2012

Aneel projeta queda de até 10% na tarifa de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fez diferentes simulações de cálculos que projetam reduções de 3% a 10% nas tarifas de energia para o consumidor final caso o governo decida pela renovação das concessões de energia elétrica que terminam em 2015, segundo informou o diretor-geral do órgão regulador, Nelson Hubner. O governo federal, contudo, quer ampliar o desconto.

Hubner informou que entre as propostas que estão sendo estudadas pelas Aneel está a possibilidade de baixar o valor dos encargos setoriais que compõem a tarifa de energia e que respondem por boa parte do valor pago pelo consumidor. O objetivo é garantir uma redução ainda maior, além dos ganhos proporcionados pelo cálculo dos ativos que tiveram os custos de instalação amortizados ao longo do período de concessão.

O corte das tarifas de energia deve variar de acordo com as condições de fornecimento nas diferentes regiões do país. A queda do preço do insumo partirá especialmente de mudanças nos contratos das concessionárias dos segmentos de transmissão e geração. "Na distribuição os descontos já estão sendo feitos", disse Hubner.

Segundo o diretor da agência reguladora, o rigor dos contratos do segmento de distribuição permite a captura imediata, pelos consumidores, dos ganhos financeiros obtidos pelas empresas. O mecanismo ao qual Hubner se refere é o ciclo periódico de revisão tarifária que ocorre a cada quatro ou cinco anos. Ele citou o caso da principal distribuidora de São Paulo, a Eletropaulo. No último mês, a agência definiu um índice preliminar de revisão das tarifas da concessionária com uma proposta de redução em torno de 8%.

O percentual médio adotado a partir do modelo de cálculo proposta pela agência será repassado integralmente ao consumidor final, adiantou Hubner. Portanto, a redução do preço da energia não será minimizada pelo cálculo dos reajustes feitos pelas distribuidoras.
Desde que iniciou a discussão sobre o fim das concessões, o governo avalia a escolha de uma entre duas alternativas para decidir sobre o destino das concessionárias com contratos prestes a vencer: realizar uma nova prorrogação dos contratos, ou, como segunda saída, a União retomar os empreendimentos para, posteriormente, levá-los a leilão.

A proposta de redução das tarifas deve ser fechada neste mês, segundo o diretor da Aneel. Já a decisão final do governo em relação ao fim das concessões está programada para junho ou julho deste ano. Caso decida pela prorrogação, o governo deverá propor uma mudança na legislação atual, submetendo-a a aprovação do Congresso Nacional.

Valor Econômico

Leia também

24/03/2023

Novos Tempos: A Era da IA Começou

24/03/2023

INSCRIÇÕES ABERTAS: 19º Painéis da Engenharia irão tratar sobre Relações de Trabalho e Sistema Sindical

24/03/2023

Leilão da CORSAN: parecer contratado pelo SENGE confirma defasagem e subvalorização

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Simulador

Acesse o simulador e compare as condições dos Planos de Saúde SENGE.

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato