06/12/2023

ARTIGO | Engenharia e IA: uma simbiose transformadora

Artigo do engenheiro Rafael Giratola, publicado na edição de dezembro do Jornal do Engenheiro do Seesp.

 

Estamos imersos em uma era em que as fronteiras entre ficção científica e realidade se tornam cada vez mais tênues. A Inteligência Artificial (IA), uma força impulsionadora da revolução tecnológica, não só permeia nossas vidas diárias, mas também redefine completamente a maneira como abordamos os desafios na engenharia. Neste artigo abordaremos um pouco mais de perto as áreas da engenharia civil e mecânica, explorando aplicações inovadoras e delineando um horizonte onde a colaboração homem-máquina é a força propulsora do progresso.

A Inteligência Artificial na engenharia representa uma revolução paradigmática, onde a tecnologia é integrada de maneira profunda e transformadora nos processos tradicionais. Em sua essência, a IA refere-se à capacidade de sistemas computacionais executarem tarefas que normalmente requerem inteligência humana, como aprendizado, raciocínio, reconhecimento de padrões e tomada de decisões.

Para a engenharia, a IA não é uma entidade isolada, mas uma ferramenta que aprimora e estende as capacidades dos profissionais. A incorporação da Inteligência Artificial inevitavelmente suscita uma série de apreensões e inquietações, tanto no cenário profissional quanto no social. Dentre os principais temores relacionados ao emprego, privacidade, segurança e desconfiança na precisão, destaca-se, sobretudo, a lacuna de conhecimento e familiaridade por parte dos profissionais, pois a IA é uma tecnologia intrincada em constante progresso. Profissionais que não estão imersos nos conceitos, aplicações e potencial dessa tecnologia podem experienciar desconforto e resistência diante da sua adoção.

Vamos então mostrar quais são as oportunidades oferecidas pela IA no contexto da engenharia. Na engenharia civil, a Inteligência Artificial desempenha um papel inovador, transcendendo as abordagens convencionais no design e planejamento estrutural. Utilizando ferramentas de modelagem avançada impulsionadas por algoritmos de aprendizado profundo, a IA não apenas gera designs eficientes, mas também aprende e melhora a cada interação. A colaboração entre máquina e engenheiro resulta em uma sinergia única, onde a precisão e a eficiência da IA amplificam a criatividade humana.

Na gestão de projetos de engenharia civil, a IA assume um papel crucial, transformando o processo em uma dança coordenada de dados, algoritmos preditivos e decisões estruturadas. Ao analisar extensos conjuntos de dados históricos e em tempo real, a IA prevê possíveis desafios, ajusta cronogramas automaticamente, refinando orçamentos e fornecendo insights valiosos para decisões informadas. O resultado é uma gestão de projetos mais eficiente, ágil e adaptável.

A era das inspeções manuais na engenharia civil está sendo substituída pelos “olhos virtuais” da IA. Drones equipados com câmeras avançadas e algoritmos de visão computacional sobrevoam canteiros de obras, identificando problemas imediatos e padrões que podem indicar desafios futuros.

software OpenSpace, por exemplo, utiliza IA e visão computacional, através de uma câmera de 360 graus para capturar imagens do canteiro de obras. Sua interface de usuário avançada permite que os espectadores caminhem virtualmente pelo canteiro, comparando o progresso ao longo do tempo, resultando em inspeções autônomas mais seguras e eficientes. A Inteligência Artificial não apenas constrói edifícios, mas os torna inteligentes, otimizando a eficiência energética, ao aprender padrões de uso e adaptar-se dinamicamente às condições ambientais.

Na era industrial contemporânea, o treinamento em processos e equipamentos desempenha um papel crucial, capacitando os profissionais com conhecimentos essenciais necessários para executar suas tarefas de maneira eficaz, como é o caso na engenharia mecânica, que está passando por uma revolução na manufatura impulsionada pela IA. Robôs colaborativos, guiados por algoritmos avançados, não apenas realizam tarefas físicas, mas também aprendem com a experiência, criando uma simbiose flexível entre máquinas e humanos.

A manutenção preditiva avançada utiliza sensores e algoritmos para antecipar problemas, prolongando a vida útil dos equipamentos. A simulação dinâmica, potencializada pela IA, permite que modelos computacionais interajam com seu ambiente virtual, otimizando o desempenho e antecipando desafios. A colaboração entre engenheiros e Inteligência Artificial é destacada. A IA amplifica a capacidade humana de análise de dados complexos, proporcionando insights para tomada de decisões.

Após uma década dedicada à Inteligência Artificial, chego à conclusão de que a humanidade já está profundamente envolvida na colaboração com máquinas inteligentes. Acredito fortemente que essa relação é de complementaridade, não de concorrência.

Essa dependência, às vezes imperceptível, embora seja uma novidade a ser explorada, debatida e eventualmente criticada, é uma realidade que não pode ser ignorada. A velocidade de crescimento e aprimoramento da IA é exponencial e alimenta e impulsiona ainda mais suas aplicações, conduzindo-nos a uma inevitável aceitação na vida social e profissional. Esse novo paradigma não apenas transforma a maneira como enfrentamos desafios, mas também reconfigura a própria natureza do progresso e da inovação na sociedade moderna.

Esse é um capítulo fundamental que não só define o presente, mas que, sem dúvida, continuará a influenciar de maneiras ainda não totalmente compreendidas o futuro do nosso percurso como seres humanos.

 

Rafael Giratola é graduado em Engenharia de Ciência da Computação pelo Politecnico di Milano com especialização em Robótica Neurocirúrgica. Atualmente é diretor de TI da Interactive Media, multinacional italiana líder em soluções de automação por reconhecimento de voz e Inteligência Artificial

 

 

Leia também

28/02/2024

ARTIGO | Fevereiro roxo e laranja: isenção do IR para pessoas com lúpus, fibromialgia, Alzheimer e leucemia

28/02/2024

SENGE-RS apoia repúdio ao desrespeito na Eletrobras

28/02/2024

SENGE nas formaturas dos novos engenheiros

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

2º lugar em Preferência na categoria Sindicato

Marcas de Quem Decide é uma pesquisa realizada há 25 anos pelo Jornal do Comércio, medindo “lembrança” e “preferência” em diversos setores da economia.

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato