08/05/2024

Carta aos Gaúchos

Os acontecimentos dos últimos dias ficarão marcados na lembrança de todos os gaúchos por muitas gerações. As fortes chuvas que castigaram as regiões central, serra e dos vales seguiram seu curso e alcançaram a Região Metropolitana e a Capital. Agora, avançam em direção à Zona Sul do estado. No caminho deixam um rastro de destruição, provocando perdas, não só de bens materiais e estruturas, mas infelizmente, de vidas. O Sindicato dos Engenheiros no Rio Grande do Sul se solidariza com os familiares das vítimas, desabrigados e desalojados.

É impossível ficar insensível a tudo isso. É hora de atender a quem mais precisa. O foco deve ser a vida. Não é tempo de diferenças de qualquer tipo, agora é hora de acolhimento e mais a frente, de reconstrução.

O SENGE-RS tem convicção da importância que os engenheiros terão neste futuro próximo. Está ao lado da sociedade, a começar pelos nossos funcionários e diretores que estão em situação de vulnerabilidade, aos quais buscamos levar segurança, ajuda, esperança e a confiança de dias melhores.

Em outra frente, colocamos à disposição da Prefeitura de Porto Alegre, nosso edifício-garagem, com cinco andares, próximo da nossa sede, no bairro Menino Deus. O local servirá como um depósito para itens necessários ao acolhimento e cuidado de quem está em abrigos. É necessário, ainda, homenagear todos que atuam como voluntários e os agentes públicos. Incansáveis na busca do bem-estar de quem mais precisa nesse momento terrível.

Cidades inteiras ficaram submersas ou foram varridas do mapa, o que evidencia sua localização inadequada, aliado a isso, a falta de reforço de estruturas de defesa. E aí vem a reflexão sobre o que vale mais: planejar e manter de forma consciente o ambiente considerando as mudanças climáticas, o aquecimento global e seus impactos, ou lamentar mortes, gastar bilhões na reconstrução e, logo ali adiante ocorrer nova catástrofe?

E por falar nisso, a reconstrução precisa vir em duas vias, a da autoestima do gaúcho e do próprio Estado. A Engenharia sabe da importância e do papel fundamental que terá, com seu conhecimento, tecnologia e inovação. Precisamos contemplar o planejamento técnico da ocupação do solo urbano e rural, respeitando a capacidade e a potencialidade de cada região. Não se pode ir além do que ele pode oferecer. É preciso priorizar a sustentabilidade, privilegiando o gerenciamento dos recursos hídricos e das bacias hidrográficas. Estamos sentido na pele a falta do entendimento e planejamento destes mananciais. Muitas cidades foram construídas ao longo das planícies de inundação.

Mas não podemos ser inocentes ao ponto de achar que por conta de toda esta catástrofe que estamos vivendo, tudo será resolvido de imediato. O planejamento a ser feito vai precisar de medidas de curto, médio e longo prazos, incluindo uma organização nos sistemas de previsibilidade e alerta para eventos climáticos extremos, bem como a evacuação de áreas em risco. E não podemos mais aceitar flexibilizações de legislações que deveriam proteger o meio ambiente e a vida. A vida não pode ser perdida de vista, jamais.

Pensar estes e outros pontos é mirar nas cidades inteligentes. O ideal seria que áreas inadequadas, que possuem um histórico de cheias e tragédias não fossem mais povoadas. Mas para onde iriam tantas famílias que ali tem suas raízes? Medidas transitórias precisam, então, estar no foco das autoridades e dos governantes.

Nem vamos falar da manutenção das Áreas de Preservação Permanente e dos estudos técnicos realizados ao longo de tantas décadas. Estas deveriam ser lições superadas. Vemos, com tristeza, que o conhecimento de antepassados é menosprezado ao longo das gerações de gestores públicos. Isso acontece, por exemplo, quando a construção de um sistema de contenção de cheias, com muros, diques e estações de bombeamento, como o que temos em Porto Alegre, não tem a devida manutenção, muito menos gestão. O resultado é que quando precisa ser acionado, não cumpre sua função na plenitude.

Esse cenário tem que ser revertido, com urgência, sem esquecer que 2024 é ano de eleições quando propostas para a preservação ambiental são obrigatórias. Precisamos nos reorganizar: governos, sociedade civil, academia, entidades, empresas e imprensa.  Para o nosso bem e dos que virão depois de nós.

 

Diretoria do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul

 

 

 

 

 

Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

 

 

Leia também

29/05/2024

Estado publica editais de credenciamento para contratação de serviços técnicos de engenharia

28/05/2024

ARTIGO | Transição energética e hidrogênio verde

24/05/2024

SENGE sedia evento que debateu Sistema de Proteção contra inundações de Porto Alegre

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato