11/05/2021

Ex-diretores e técnicos da CEEE entram com Ação Popular pela suspensão da privatização da Companhia

 

Uma ação popular ajuizada na sexta-feira (7) Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pede a suspensão do processo de privatização da CEEE-D, cujo cronograma prevê para esta quarta-feira (12) a homologação da empresa Equatorial Energia, vencedora no leilão realizado pelo governo do Estado.

A iniciativa é de um grupo de sete ex-dirigentes e profissionais que trabalharam nas empresas do Grupo CEEE: Gerson Carrion (diretor-presidente do Grupo CEEE de 2013 a 2015, ex-presidente e ex-diretor financeiro da Fundação CEEE, e ex-diretor financeiro do Grupo CEEE); Ricieri Dalla Valentina Júnior (ex-diretor da CEEE na área de Geração, ex-diretor financeiro do Grupo CEEE, e ex-presidente do Conselho Deliberativo da Fundação CEEE); Claudiomar Gautério de Farias (ex-diretor de Seguridade da Fundação CEEE), Marcia Beatriz Garcia Rodrigues (ex-contadora geral do Grupo CEEE); André Panitz (engenheiro eletricista e especialista em Segurança do Trabalho); Flavio Costa Silveira (ex-chefe da área de Regulação da CEEE-D e Hélio Ricardo Vaz (ex- gerente regional da área de Distribuição).

Os autores da Ação Popular apontam a constatação de diversas irregularidades no decorrer do certame, havendo inúmeras denúncias nos mais diversos órgãos de controle social de Estado (TCE-RS, MPE-RS, MPC-RS, TCU, CGU e MPF), inclusive junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e ao Poder Judiciário.

O Sindicato dos Engenheiros no RS também vem denunciando questões importantes relativas a privatização da CEEE, em conjunto com outras entidades representantes dos trabalhadores da CEEE e a Frente Parlamentar pela Soberania Energe?tica Nacional. Destaque para a denúncia protocolada no dia 6 de outubro no Ministério Público Estadual pedindo a apuração de “ilegalidade dos atos preparato?rios da privatizaça?o das empresas pu?blicas do Grupo CEEE e a sua di?vida de ICMS expressiva de R$ 3,2 bilhões na condiça?o de devedor contumaz, sendo instaurada Portaria para apurar o prejuízo ao erário em razão da referida inadimplência da CEEE em relação ao repasse de ICMS ao Estado”.

O risco do Estado do Rio Grande do Sul ter de arcar com a liquidaça?o de financiamentos externos contratados junto ao BID e à AFD foi objeto de denúncias protocoladas pelo SENGE no Tribunal de Contas do RS, Ministério Público Federal e Corregedoria Geral da Unia?o.

O SENGE também esteve presente no protocolo a Notícia de Fato, pelo presidente da Frente Parlamentar pela Soberania Energe?tica Nacional, deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS), pedindo a suspensa?o liminar do leila?o de privatizac?a?o da CEEE-D, para que se apure eventuais ilegalidades cometidas ate? enta?o no processo de desestatizaça?o das empresas pu?blicas que compõem o Grupo CEEE, decorrentes de: risco deste ter de arcar com a liquidaça?o de financiamentos externos contratados junto ao BID e à AFD, renúncia de receita fiscal com perda?o de di?vida tributária (ICMS) da ordem bilionária de R$ 2.8 bilhões, assunção da folha de pagamento dos ex-servidores autárquicos da CEEE-D no montante significativo de R$ 465 milhões; e venda da Companhia por preço considerado vil. A Frente Parlamentar protocolou requerimentos no Ministério Público de Contas do RS e no Tribunal de Contas da União.

Além disso, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aceitou pedido feito pelo deputado federal Pompeo de Mattos para abrir uma investigação sobre possíveis irregularidades envolvendo o leilão de privatização da CEEE-D. O procedimento vai apurar se houve omissão de informações, por parte de dirigentes da empresa, envolvendo fatos relevantes relacionados ao processo de privatização.  A ação destaca a manifestação da procuradora-geral substituta do Ministério Público de Contas do RS, em processo que tramita no TCE-RS, onde ela defendeu a concessão de medida cautelar para que o Executivo Estadual suspendesse o leilão até que uma série de questionamentos em relação ao mesmo fossem esclarecidos, “sob pena de poder causar dano irreversível ao erário e à sociedade gaúcha”.

Os autores da Ação Popular concluem, a partir desse conjunto de fatos, a necessária apuração rigorosa sobre a ocorrência de ilegalidades “que podem resultar numa anulação do leilão e de todo o processo de desestatização açodadamente em andamento”.Por essa razão, defendem a suspensão do cronograma de eventos de liquidação do leilão da CEEE-D e assinatura do “Contrato de Compra e Venda de Ações, previsto para o dia 30 de junho, até que seja esgotado o exame e investigação de todo o processo de desestatização da CEEE-D.

 

Com informações do portal Sul21

 

 

 

Leia também

15/07/2024

A vocação da Engenharia para reconstruir o RS é destaque da coluna do SENGE no Correio do Povo

12/07/2024

Estado cancela eleição para escolher nova presidência da Emater/RS-Ascar

12/07/2024

ARTIGO | Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato