19/06/2012

Mantega anuncia linha de crédito de R$ 20 bilhões para 26 Estados e DF

O governo federal anunciou nesta sexta-feira linha de crédito especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para impulsionar obras de infraestrutura nos Estados. A linha, que contará com R$ 20 bilhões, terá prazo de carência de um ano para pagar e será corrigida pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 1,1% ao ano – com o aval da União. Os Estados terão 20 anos para pagar, a começar por julho de 2013. Se a operação não tiver o aval da União, a taxa será de 2,1% mais TJLP. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, os juros das operações vão variar de 7,1% a 8,1% ao ano. “São medidas importantes para aumentar os investimentos num momento em que economia mundial atravessa um cenário de crise”, afirmou Mantega.

Outra medida anunciada é um estímulo às parcerias público-privadas (PPP). Hoje, as companhias registram os recursos repassados pelos Estados como receita, e, a partir de agora, a entrada desses valores passarão a ser considerados como "aporte de capital" – dessa forma, as empresas deixam de recolher o PIS/Cofins e o Imposto de Renda (IR). “Vai baratear os empreendimentos”, afirmou Mantega. O governo também ampliou o limite para realização de PPP de 3% para 5% da Receita Corrente Líquida dos Estados. Essas medidas, afirmou o ministro, não representam renúncia fiscal à Receita Federal. Ele disse também que o Tesouro tem disponibilidade para dar aval ao crédito de R$ 20 bilhões.

O governo também “abriu uma nova negociação” com os Estados dentro do Programa de Ajuste Fiscal (PAF). Na negociação do PAF com as unidades da federação, no ano passado, o governo federal ampliou o limite de endividamento em R$ 40 bilhões. A ideia, segundo Mantega, é alargar mais uma vez esse limite neste ano.

Com o limite ampliado, os Estados terão até 31 de janeiro de 2013 para contratar recursos para investimentos, seja junto a organismos multilaterais, ou, a partir de agora, com a linha de crédito especial do BNDES criada pelo governo. Essa linha vai se chamar "Pro Investe", e será efetivamente criada por meio de resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), na próxima quinta-feira.

O efeito das medidas anunciadas hoje, afirmou Mantega, poderá ser sentido este ano no Produto Interno Bruto (PIB), mas será mais forte em 2013.

O anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, após a presidente Dilma Rousseff se reunir na manhã desta sexta-feira com governadores e vice-governadores dos 27 Estados brasileiros. Apenas quatro Estados estão sendo representados pelos vices: São Paulo, com Guilherme Afif Domingos; Paraíba, com Rômulo Gouveia; Piauí, com Antônio José de Morais Souza Filho; e Rondônia, com Airton Gurgacz.

RS receberá pelo menos R$ 475 milhões do governo federal, diz Tarso

O governador Tarso Genro disse em Brasília que o Rio Grande do Sul receberá pelo menos R$ 475 milhões em recursos, como parte do plano de incentivo aos estados anunciado nesta sexta-feira (15) pelo governo federal. Os recursos, que poderão ser obtidos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), somam R$ 20 bilhões, e os juros cobrados serão a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), atualmente em 6% ao ano, mais 1,1% ao ano (com aval da União) a 2,1% ao ano.

"Será um empréstimo concedido de maneira expressa, sem qualquer tipo de burocracia. No nosso caso, serão pelo menos R$ 475 milhões. Isso reforça o nosso padrão de investimento e é muito bom para o estado", comemorou o governador, logo após a reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff.

A expectativa do governador é de que o Rio Grande do Sul tenha condições de receber estes recursos ainda este ano. "Pela avaliação que fizemos até o momento, eu e o secretário Odir (Tonollier, da Fazenda), temos condições de colocar para dentro da caixa do estado", declarou.

Do G1 RS

Leia também

12/07/2024

Estado cancela eleição para escolher nova presidência da Emater/RS-Ascar

12/07/2024

ARTIGO | Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo

12/07/2024

Sócio SENGE, proteja sua carreira com o Seguro de Responsabilidade Civil Profissional

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

Livro SENGE 80 anos

Uma entidade forte, protagonista de uma jornada de inúmeras lutas e conquistas. Faça o download do livro e conheça essa história!

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato