07/03/2023

Ritmo de reformas em prol da igualdade de gênero é o menor em 20 anos

Novo relatório Mulheres, Empresas e o Direito, do Banco Mundial, mostra que o ritmo de reformas em prol da igualdade de gênero é o mais baixo em 20 anos.

Em 2022, a pontuação média global calculada pelo estudo subiu apenas meio ponto, atingindo 77,1. Isso significa que, em média, as mulheres desfrutam de apenas 77% dos direitos a que os homens têm acesso.

Mulheres, Empresas e o Direito 2023

No ritmo atual das reformas, em muitos países, uma mulher que entre hoje no mercado de trabalho se aposentará antes de conseguir obter os mesmos direitos que os homens.

O estudo Mulheres, Empresas e o Direito 2023 avalia leis e regulamentos de 190 países em oito áreas: mobilidade, trabalho, remuneração, casamento, parentalidade, empreendedorismo, ativos e pensões.

Os dados, atualizados até 1º de outubro de 2022, constituem referências objetivas e mensuráveis para o progresso global rumo à igualdade legal de gênero.

Atualmente, apenas 14 países têm leis que dão às mulheres os mesmos direitos que os homens. Todos são países de alta renda.

Ezra Acayan
Em todo o mundo, cerca de 2,4 bilhões de mulheres em idade produtiva ainda não têm os mesmos direitos que os homens.

Ganhos econômicos globais

Em termos globais, cerca de 2,4 bilhões de mulheres em idade produtiva ainda não têm os mesmos direitos que os homens. A longo prazo, a eliminação da desigualdade de gênero no mercado de trabalho poderia aumentar o PIB per capita em quase 20%, em média, entre os países.

Alguns dados citados no relatório estimam que, se as mulheres pudessem abrir e expandir novos negócios na mesma proporção dos homens, os ganhos econômicos globais poderiam variar de US$ 5 trilhões a US$ 6 trilhões.

Em 2022, apenas 34 reformas jurídicas relacionadas a questões de gênero foram registradas em 18 países, nenhum deles de língua portuguesa. Esse foi o número mais baixo desde 2001. A maioria dessas reformas se concentrou em aumentar o período das licenças-paternidade e parentais remuneradas, remover restrições ao trabalho das mulheres e demandar igualdade salarial.

Kelley Lynch / Banco Mundial
Em 2022, apenas 34 reformas jurídicas relacionadas a questões de gênero foram registradas em 18 países.

Igualdade jurídica de gênero

Serão necessárias mais 1.549 reformas para alcançar um nível substancial de igualdade jurídica de gênero em todas as áreas medidas pelo estudo. Segundo o relatório, no ritmo atual, levaríamos pelo menos 50 anos, em média, para atingir essa meta.

O estudo Mulheres, Empresas e o Direito 2023 contém uma avaliação abrangente do progresso global rumo à igualdade jurídica de gênero nos últimos 50 anos. Desde 1970, a pontuação média global da série elevou-se em cerca de dois terços, passando de 45,8 para 77,1 pontos.

O relatório está disponível em https://wbl.worldbank.org/en/reports

Apresentação: Mariana Ceratti, do Banco Mundial Brasil

Fonte: ONU News 

Leia também

23/02/2024

ARTIGO | Lifelong Learning: O futuro do trabalho e crescimento econômico

23/02/2024

Artigo | Palavra do Murilo – Seis décadas de luta pelos engenheiros e pelo país

23/02/2024

Últimos dias para inscrição no Curso Online de Tratamentos Térmicos dos Aços

Descontos DELL Technologies

Aproveite os descontos e promoções exclusivas para sócios do SENGE na compra de equipamentos, periféricos e serviços da DELL Technologies.

2º lugar em Preferência na categoria Sindicato

Marcas de Quem Decide é uma pesquisa realizada há 25 anos pelo Jornal do Comércio, medindo “lembrança” e “preferência” em diversos setores da economia.

Tenho interesse em cursos

Quer ter acesso a cursos pensados para profissionais da Engenharia com super descontos? Preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Realizar minha inscrição

Para realizar a sua inscrição, ao preencher o formulário a seguir, escolha o seu perfil:

Profissionais: R$ 0,00
Sócio SENGE: R$ 0,00
Estudantes: R$ 0,00
Sócio Estudantes: R$ 0,00
CURRÍCULO

Assine o Engenheiro Online

Informe o seu e-mail para receber atualizações sobre nossos cursos e eventos:

Email Marketing by E-goi

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Tenho interesse em me associar

Se você tem interesse de se associar ao SENGE ou gostaria de mais informações sobre os benefícios da associação, preencha seus dados a seguir para que possa entrar em contato com você:

Ao fornecer seu dados você concorda com a nossa política de privacidade e a maneira como eles serão tratados. Para consulta clique aqui

Entre em contato com o SENGE RS

Para completar sua solicitação, confira seus dados nos campos abaixo:

× Faça contato